Carregando...
JusBrasil - Notícias
01 de novembro de 2014

Julgada separação de casal homoafetivo com partilha de bens

Publicado por Jornal da Ordem - Rio Grande do Sul (extraído pelo JusBrasil) e mais 1 usuário , Tribunal de Justiça de Santa Catarina - 2 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

O responsável pela venda do imóvel anterior e o contratado para a construção da residência atual disseram não ter ciência de que a recorrida convivia em união estável com a apelante.

Foi reconhecida uma união homoafetiva, havida no período de 1999 a 2010, sendo decretada sua dissolução com partilha de bens. A sentença da Comarca de Itajaí excluiu da divisão um terreno adquirido em outubro de 1999 por uma das companheiras, o que levou a autora a apelar para o TJSC. A 3ª Câmara de Direito Civil, entretanto, manteve integralmente a decisão.

A recorrente alegou que o terreno foi comprado quando já havia relação estável, e defendeu sua inclusão na partilha. Narrou que a companheira não provou ter investido todo o valor da venda de imóvel que possuía anteriormente na construção da residência do casal, motivo pelo qual faz jus à compensação. Assim, pleiteou o direito à metade do bem.

O relator, desembargador substituto Saul Steil, observou que o responsável pela venda do imóvel anterior e o contratado para a construção da residência atual disseram não ter ciência de que a recorrida convivia em união estável com a apelante. Assim, o magistrado entendeu ser possível afirmar que o relacionamento iniciou após a construção. Steil destacou, ainda, informações de que a recorrente nunca foi vista no local da obra, durante sua realização. "Cumpre ressaltar que meados de 1999 não quer dizer necessariamente que tenha sido antes ou depois da data da aquisição do imóvel, qual seja, 28 de outubro de 99, pois a data de início do relacionamento, especificamente dia, mês e ano, não ficou estabelecida, de modo que não há provas concretas de que o imóvel foi adquirido pela apelada/ré após a união estável", concluiu o relator.

O número do processo não foi informado pelo Tribunal.

Fonte: TJSC

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://jornal-ordem-rs.jusbrasil.com.br/noticias/100051118/julgada-separacao-de-casal-homoafetivo-com-partilha-de-bens